Artigos


OS BENEFÍCIOS DO SOL NA SAÚDE

#Dia do Sol

3 Mai 2019 Publicado por DietMed

DietMed - OS BENEFÍCIOS DO SOL NA SAÚDE
 

Quando falamos de proteção solar, convém recordar que a exposição ao sol é benéfica para a saúde. Deverá é ser feita de um modo equilibrado e nas adequadas horas do dia.

 

A síntese de vitamina D endógena ou seja pelo corpo humano depende de factores geográficos, culturais e estilo de vida. Devem ser fomentadas atividades diárias ao sol com exposição de braços e pernas. A vitamina D é importante na prevenção de doenças degenerativas, metabólicas e fracturas ósseas. Nas funções cognitivas também demostra importância.

 

Ao nível do sistema nervoso o sol também tem uma importância determinante. A influência da luz solar que é recebida pelo nervo óptico influencia a regulação da glândula pineal. A regulação hormonal através deste processo é extremamente importante por exemplo no humor.

 

Ao nível da prevenção do envelhecimento por exposição solar excessiva ou alergias provocadas pelo sol, existem plantas e substâncias que podemos utilizar via oral ou tópica:

- o beta-caroteno é uma pró-vitamina essencial para a pele. Prepara a pele para exposição solar e facilita o bronzeado. Tem uma função anti-oxidante, reforça a resistência da epiderme às agressões exteriores.

- o óleo de fígado de bacalhau, rico em ómega 3, vitamina D e vitamina A é um excelente suplemento para a pele. O ómega 3 nutre as membranas celulares e a vitamina A é um reconhecido regenerador de mucosas e pele. Este suplemento pode também ser dado a crianças.

- a ingestão de anti-oxidantes como o resveratrol, selénio e vitamina E ajudam a prevenir o envelhecimento da pele.

 

A vitamina C é também uma das vitaminas que não pode ser esquecida quando falamos de pele. Isto porque ela participa na formação do colagénio. O colagénio é fundamental para a reparação e crescimento de tecidos no corpo humano. Forma-se endogenamente mas hoje em dia já encontramos excelentes suplementos com colagénio hidrolisado que pode ser tomado via oral e com elevada eficácia.

 

A exposição solar deve ser evitada entre as 11 e as 16 horas.

 

Drª Ana Tavares

Farmacêutica e Consultora em Homeopatia e Nutracêuticos.