Artigos


Insónias, quem nunca as teve?

Cuidados a ter para uma boa noite de sono

21 Mai 2018 Publicado por DietMed

DietMed - Insónias, quem nunca as teve?
 

Em primeiro lugar convém distinguir as insónias pontuais das insónias crónicas. Devemos entender que uma noite mal dormida por uma ou outra situação faz parte de uma vida normal. A preocupação aparece quando isto se repete frequentemente ou por períodos mais prolongados.

 

O ser humano tem ritmos biológicos que devem ser respeitados e no caso do sono é importante deitar cedo, o ideal é pelas vinte e duas horas.

 

Para que tenhamos um bom sono devemos ter alguns cuidados. Quais?

 

Alimentação noturna leve: no inverno, sopa de legumes e fruta cozinhada e no verão, saladas e fruta fresca. Como o fígado desintoxica o nosso organismo durante o período nocturno, aconselhamos a que não ingiram alimentos derivados dos animais, pela noite. Então deve evitar carne, peixe, ovos, queijo e leite.

 

Fazer exercício físico durante o dia é aconselhado para alongar músculos, diminuir a ansiedade e libertar substâncias, como endorfinas, que nos dão sensação de relaxamento, prazer e alegria.

 

Recomendamos que se durma em um quarto arejado e fresco.

 

Se houver muita ansiedade durante o dia, devemos controlar esta situação e não aguardar pela noite para tomar um comprimido para dormir. Existem plantas como a camomila, a passiflora, a tília e a flor de laranjeira que podem ser tomadas ao longo do dia e assim prevenir insónia por ansiedade.

 

Se a insónia aparece pela uma hora da madrugada pode haver necessidade de desintoxicar o fígado e aí plantas como o cardo mariano ou alcachofra podem ser tomadas com o jantar.

 

 

Drª Ana Tavares

Farmacêutica | Consultora em Homeopatia e Nutracêuticos