Blog / Soluções Naturais / Castanha da Índia


Castanha da Índia


5 Nov 2019 Publicado por DietMed

DietMed - Castanha da Índia
 

A sua designação em Latim é Aesculus hippocastanum L., árvore originária do Sudoeste da Europa (Cáucaso), Norte da Grécia, prefere solos secos e está muito difundida nas regiões temperadas.

 

A Castanha da Índia é muito utilizada como árvore ornamental. Pertence à família das Hipocastanáceas, sendo utilizadas as folhas, cascas e sementes (castanha da índia). As cascas são constituídas de heterósidos hidroxicumarínicos (esculósido e fraxósido), flavonóides, saponósidos triterpénicos, taninos catéquicos, leucoantocianósidos, oligossacáridos e fitosteróis.

 

As folhas são constituídas de heterósidos hidroxicumarínicos (esculósido, escopoletósido e fraxósido), flavonóides, taninos, leucoantocianósidos, vestígios de escina e fitosteróis. As sementes (castanha da Índia) são constituídas de flavonóides, hidroxicumarinas, saponósidos triterpénicos (escina), taninos catéquicos, pectina, mucilagem, óleo gordo e glúcidos.

 

Apresenta as seguintes propriedades:

• Aumenta a resistência capilar, tendo propriedades venotónicas;

• Ação anti-inflamatória, reduzindo a permeabilidade e a fragilidade capilar;

• Útil na insuficiência venosa crónica;

• Em caso de pernas cansadas;

• Tratamento de varizes;

• Em caso de hemorroidas;

• Externamente, em caso de dores musculares, nevralgias e varizes.

 

Prof. Dra. Marisa Machado
Investigadora em Fitoquímica